Envelhecimento da pele

dez 03

Açúcar um atalho para o envelhecimento
REDAÇÃO: Guia de Vilas Saúde | ESPECIALISTA: Dra. Eneida Bomfim | ESPECIALIDADE: Nutricionista| REGISTRO: 0355

O açúcar não é vilão apenas para o aumento do peso, pois, quando consumido em excesso, também acelera o processo de envelhecimento da pele, em virtude do processo de glicação nos tecidos. Portanto, moderar na quantidade de açúcar que ingerimos não deve ser uma medida tomada somente para controlar o peso, mas também para evitar o envelhecimento precoce da pele.

Uma alimentação rica em açúcar, especialmente os carboidratos refinados, tem a capacidade de envelhecer precocemente a pele. Isso ocorre por um processo bioquímico chamado de glicação, um tanto complexo, mas importante que seja conhecido, pelos efeitos que produz. A glicação acontece quando uma molécula de glicose (açúcar) se incorpora a uma proteína, alterando a sua estrutura, causando o enrijecimento celular. Uma reação que resultam moléculas deformadas e não funcionantes, esse processo é muitas vezes comparado a uma “caramelização”. Portanto, quando a glicação atinge as proteínas de sustentação da pele, que são o colágeno e a elastina, a pele perde a elasticidade e a firmeza, tornando a derme flácida e com marcas de expressão e rugas. Observe-se que a glicação é uma ação tão danosa quanto à ação dos radicais livres e, quanto maior a ingestão e a concentração de açúcar no sangue, mais rápido acontece o envelhecimento da pele. A pele envelhecida e sem viço é um bom exemplo do tipo de aparência externa de um órgão afetado pela glicação.

O AÇÚCAR ACELERA O PROCESSO DE ENVELHECIMENTO DA PELE.

Estamos falando da pele, no entanto o processo de glicação acontece e gera problemas em todo o organismo, coração, o cérebro e os olhos, entre outros podem ser órgãos especialmente sensíveis a esse processo. Esse dano irreparável afeta de forma imperiosa ao organismo desenvolvendo diversos quadros patológicos, entre eles a diabetes, Essa é a razão pelo qual é solicitado o exame hemoglobina glicada para o controle de pacientes diabéticos.

A dieta com alto consumo de açúcares é considerada a principal fonte exógena de AGE – Advanced Glycation End Products (produtos finais da glicação avançada), substâncias responsáveis pela aceleração do envelhecimento.
A glicação é um processo que não pode ser completamente evitado dentro do organismo. A melhor maneira para minimizar a ocorrência exagerada da glicação é a redução do consumo de carboidratos, principalmente os refinados, e manter uma dieta equilibrada e balanceada.

Cuidados no preparo de alimentos. A formação de AGE nos alimentos também é potencializada por métodos de preparo que utilizam altas temperaturas, quando há a formação de crostas, e baixa umidade, como em carnes defumadas, fritas ou assadas, além de bolos caramelizados, tortas e batatas fritas.

Temperaturas superiores a 170°C potencializam a formação de AGEs, enquanto o cozimento  dos alimentos sob temperaturas, em torno de 100°C, por períodos curtos de tempo e em presença de umidade, como o cozimento em água ou em vapor preparações ensopadas e a vapor, contribuem para a menor formação de AGEs.

"Você só conhece alguém quando tem a chance de caminhar junto. O resto é especulação, impressão ou imaginação!"