Matéria | Nossa Especialista

out 15

Pilates na gestação e seus Benefícios
REDAÇÃO: Guia de Vilas Saúde | ESPECIALISTA: Dr.ª Carina Sanches | ESPECIALIDADE: Fisioterapeuta | REGISTRO: 119493-F

Apesar de ser um tema muito abordado ultimamente ainda gera muitas dúvidas e discussões. Hoje em dia, se sabe da importância da prática de exercícios físicos durante a gravidez e no pós parto. Mas vale lembrar, que nem toda atividade é indicada. As mudanças que ocorrem durante a gestação não são apenas hormonais e emocionais, são muitas, e em um período de tempo relativamente curto. Cada mulher vivencia a gravidez de um modo absolutamente diferente. E por esse motivo requer atenção especial na elaboração de um plano de exercícios que fortaleça seu corpo, prevenindo dores decorrentes do progressivo ganho de peso e respeitando as limitações impostas pela gestação. O profissional que for acompanha-la deve conhecer muito bem essas alterações para que saiba escolher os exercícios adequados mantendo a segurança e conforto, tanto da mãe como do bebê. As primeiras mudanças ocorrem no primeiro trimestre, do 1º ao 3º mês. Esta fase é muito delicada, pois é quando ocorre a formação do bebê. Normalmente a partir do segundo trimestre, do 4º ao 6º mês, a grande maioria tem liberação médica e inicia a prática de atividade física.  Para gestantes que já praticavam alguma modalidade ou até mesmo o Pilates, o entendimento e o alinhamento são mais fáceis e claro do que para as iniciantes e sedentárias. Para essas devemos enfatizar os princípios do método e sua importância.

A prática dos exercícios promove melhora na circulação, evita a retenção de líquido ou inchaço nas pernas, ajuda na diminuição das dores e a manter uma boa postura

Por isso, o Pilates é uma das modalidades mais indicadas para esta fase tão especial da mulher. O método é considerado uma modalidade diferenciada das demais porque trabalha o corpo de maneira global, tanto o fortalecimento como o alongamento. Além de postergar seus benefícios para o pós parto. Ele trabalha a respiração durante todo o tempo, o que facilita a oxigenação do bebê e a conexão da mulher com seu corpo. O Pilates direcionado a gestantes tem o objetivo de tornar sua gestação o mais saudável possível prevenindo ou amenizando alguns desconfortos neste período. Os benefícios são diversos, pois ajuda em todas as fases. E mais importante, as aulas são adaptadas para a individualidade de cada aluna/gestante.  A prática dos exercícios promove melhora na circulação, evita a retenção de líquido ou inchaço nas pernas, ajuda na diminuição das dores e a manter uma boa postura, fortalece a musculatura o assoalho pélvico e auxilia no parto, não sobrecarrega as articulações, é de baixo impacto, melhora a qualidade do sono, aumenta a resistência física, melhora a consciência corporal, bom humor, promove relaxamento e ajuda a respirar melhor.

Assim como qualquer outra atividade a gestante deve sempre ficar alerta caso aconteça algo durante a execução dos exercícios, como: batimento cardíaco acelerado, pressão alta descontrolada, falta de ar, dor abdominal, sangramento, contrações forte, dor no peito, visão turva, enjoo e tontura. Onde deve procurar o seu médico/obstetra para investigar e observar a possibilidade de continuar com a atividade. O que define a hora de parar é o tamanho e peso da barriga. Lembrando que o profissional deve ficar atento ao conforto e grau de dificuldade da gestante. Seja uma gestante saudável, pratique uma atividade!

"Você só conhece alguém quando tem a chance de caminhar junto. O resto é especulação, impressão ou imaginação!"